Dynamic Variation:
Offers
Choose Language
Search & Book Sponsored Links
Search
or search all of Norway
Sverd i fjell-monumentet i Hafrsfjord
Sverd i fjell, Hafrsfjord.
Photo: Richard Larssen/visitnorway.com

Os melhores destinos desconhecidos do país

Campaign
Partner
Ad

O renomado e perspicaz jornalista de viagens, Jens A. Riisnæs fez uma lista com seus 25 lugares favoritos na Noruega, muitos deles desconhecidos.

“Eu quis criar uma lista com ênfase em regiões não tão óbvias da Noruega que nos oferecem experiências tão enriquecedoras quanto os destinos mais conhecidos. Estes são alguns dos passeios que fiz pessoalmente e que gostaria de repetir,” diz Riisnæs, lembrando que a Noruega também tem a vantagem de ser uma sociedade altamente tecnológica, um laboratório para o futuro, com elementos históricos que remontam à Idade da Pedra.

“Desde o surgimento do turismo, a Noruega tem figurado entre os principais destinos do mundo”, explica Riisnæs. “Quando o assunto é beleza natural, poucos países competem conosco. Nós temos os fiordes, o brilho do sol de verão, a aurora boreal, a Corrente do Golfo e uma grande variedade de estações, diferente de todos os outros países do mundo. O povo Sami costuma dividir o ano em oitos estações. Pessoalmente, eu acho que temos ao menos doze”, revela Riisnæs.

“O país é, em muitos aspectos, um museu folclórico vivo aberto a todos. Isso se encaixa nas tendências turísticas atuais, já que a busca pela autenticidade vem ganhando importância entre turistas bem informados. Este é o país ideal para viajantes modernos e conscientes”, diz Riisnæs.

“A culinária norueguesa também evoluiu muito nos últimos anos. Ela sempre se beneficiou de ingredientes frescos e naturais, mas, agora, também temos know-how para utilizá-los de acordo com os mais altos padrões internacionais.”

Leste e Sul da Noruega

  • Um ramo exótico do vale de Setesdalen

  • A paisagem montanhosa e arborizada do vale de Tovdal ao vilarejo de Åraksbø mostra como o sul da Noruega pode ser impressionante. Tovdal é uma das florestas de baixa altitude mais diversas da região. Uma das caminhadas mais bonitas da área vai de Dale até Åraksbø, em Setesdal, lar da antiga Haugeburet, construída em 1219. No caminho, você verá a cachoeira de Rjukan, Stuvestøyl, Videstøyl, o rio Juvass e o monte Skuggefjell. Há canoas disponíveis para aluguel em Hillestad.

  • O paraíso da canoagem em Velmunden

  • O lago Velmunden/Fjorda, situado 396 metros acima do nível do mar, entre o fiorde de Randsf e o lago Sperillen, é, sem dúvida, o paraíso da canoagem na região leste da Noruega. O local tem inúmeras rotas de canoagem para você explorar e os membros mais jovens de sua família vão poder brincar em uma paisagem praticamente selvagem, formadas por ilhas e lagos. Os interessados em história e cultura podem visitar os antigos povoados finlandeses da região, testemunhos da imigração gerada pela penúria no país vizinho 400 anos atrás.

  • A rota ciclística do Mar do Norte - de Mandal ao fiorde de Hafrs

  • A estrada costeira entre Mandal e o fiorde de Hafrs faz parte da Rota Ciclística do Mar do Norte, que inclui as ilhas Shetland e Orkney, a Escócia, a Inglaterra, a Bélgica, a Holanda, a Alemanha, a Dinamarca, a Suécia e a Noruega. É o roteiro ciclístico internacional mais longo do mundo e tem mais de 6.000 quilômetros de extensão. Com sua bela e variada paisagem costeira, o trecho de 250 quilômetros que vai de Mandal ao Harfrsfjord e passa por Lindesnes, Lista, Hauge e Egersund é o trecho mais bonitoda Rota Ciclística do Mar do Norte.

  • A fortaleza de Oscarsborg: testemunho da história militar no  fiorde de Oslo

  • A fortaleza de Oscarsbog foi construída em uma bela ilha da porção mais estreita do fiorde de Oslo. No entanto, hoje,  ela é sobretudo um interessante monumento à história militar da Noruega. Foi desta fortaleza que, no amanhecer do dia 9 de abril de 1940, foram disparados os torpedos e balas de canhão que afundaram o cruzador alemão Blücher e deramao rei norueguês Haakon VII e à côrte tempo necessário para escapar para o norte e depois seguir para o exílio em Londres, onde continuaram a lutar contra a ocupação nazista.

  • O arquipélago do sul da Noruega

  • O arquipélago do sul da Noruega é formado por milhares de pequenas e grandes ilhas e rochedos e vai do Farol de Ryvingen até a ilha Jomfruland. Ele contém milhares de enseadas de rochas lisas que atraem muitos banhistas e adoradores do sol no verão. É uma região ótima para o caiaque, tanto para iniciantes quanto para esportistas experientes. As ilhas mais próximas da costa ficam protegidas do oceano, por isso, alugar uma canoa é um ótimo jeito de explorar a área.

  • A natureza intocada de Femundsmarka

  • Esta região selvagem próxima à fronteira com a Suécia oferece uma experiência num ambiente mais indomado que Velmunden, mais parecido com o Alasca e o Yukon. Os parques nacionais de Femundsmarka e Gutulia, no lado norueguês da fronteira, e Töfsingdalen no lado sueco formam um dos biomas de altitude mais extraordinários da Escandinávia. O grande botanista Carl von Linné explorou a região em 1734, encontrando adeptos da falcoaria em suas viagens.

  • Rjukan,a usina hidroelétrica e o museu da "água pesada"

  • O belo e dramático vale de Rjukandalen e suas enormes cachoeiras revelam a essência da Noruega industrial moderna. No Museu dos Trabalhadores Industriais da Noruega, situado na usina de Vemork, você vai aprender como a força das cachoeiras foi domada e usada para geração de energia elétrica. Esse processo permitiu a transformação de uma nação pobre de pescadores e agricultores num rico e próspero país industrial em apenas algumas gerações.

  • O histórico canal de Telemark

  • O canal de Telemark vai de Skien, a cidade onde nasceu Henrik Ibsen, a Dalen, cidade próxima a um dos lagos clássicos do fiorde, o Bandak. Os visitantes podem explorar o canal e seu sofisticado sistema de eclusas em algumas horas. De Dalen, o acesso a outras atrações interessantes é fácil, por isso não deixe de visitar lugares como Morgedal, conhecida como "o berço do esqui", o Nutheim Art Hotel em Flatdal, ou o planalto Hardangervidda, acessível pelo lago Møsvatn.

    Conheça nossos patrocinadores

    Noruega dos Fiordes

  • Os vales de fiordes que levam até as montanhas de Trollheimen e Dovre

  • Todalen, Innerdalen, Sunndalen, Litjdalen, Grødalen e Eikesdalen são uma rede de vales que se estende da costa às montanhas altas de Trollheimen and Dovre. A área oferece oportunidades fenomenais para caminhadas e escaladas, além de estradas singulares para bicicletas e carros. Não deixe de experimentar a nova estrada de cascalho que sai de Eikesdalen e segue por Aursjøen, descendo o vale de Litjadalen até a pequena vila de Sunndalsøra.

  • Do topo do planalto de Hardangervidda até o fiorde

  • Uma das trilhas mais fantásticas do país, que inclui tanto montanhas quanto fiordes, vai  do fiorde de Eid até Husedalen, um vale incrível com três lindas cachoeiras. Veja as paisagens incríveis do  interior do fiorde de Hardanger, e não deixe de visitar o vale selvagem de Hjølodalen, os chalés de Viveli, Hedlo e Hadlaskard e o monte Hårteigen, o ponto mais alto de todo o planalto de Hardangervidda. Por fim, descubra o vale de Husedalen e a grande escada Munketrappene.

  • No coração do fiorde de Sogn

  • No meio do fiorde de Sogn, fica o fiorde de Lustra, cercado pelas montanhas Hurrungane e lar do centro norueguês de montanhismo, situado em Turtagrø. Além disso, a região também inclui a cidade de Veitastrond e o vale de Jostedalen, que ficam "escondidos" atrás da geleira de Jostadalsbreen. A região tem a mais antiga igreja de madeira da Noruega, Urnes, localizada numa paisagem encantadora, um promontório do fiorde de Lustra. Esta área do fiorde Sogn tem o melhor do fiorde de Sogn e oferece inúmeras atividades em meio aos fiordes e geleiras.

  • A cidade portuária  mais bem preservada da Noruega, Skudeneshavn

  • Skudeneshavn é uma cidade costeira da Noruega que prosperou na era de ouro da navegação no século 19. Hoje ela é conhecida por ter preservado suas mais de 200 casas brancas de madeira extremamente bem. Muitas das construções foram feitas na década de 1850 e são cuidadosamente mantidas por seus orgulhosos proprietários, muitos dos quais moram em Stavanger, do outro lado da baía.

  • Caminhadas pela geleira de Ålfotbreen e pelo fiorde de Nord

  • A trilha que sai de Vingen, o maior campo de petróglifos dos países nórdicos - próximo ao penhasco costeiro mais alto da Noruega, o Hornelen, de 860 metros de altura - e vai até o fiorde de Hye é uma das mais belas do mundo, junto com dezenas de outras trilhas na Noruega que levam você da costa e de fiordes até montanhas e geleiras. A trilha passa por formações geológicas típicas do período Devoniano; pela Ålfotbreen, a geleira mais ocidental da Noruega, e pelos chalés de Blåbrebu e Gjegnabu). Recomendamos muito uma visita guiada às geleiras da região. Só lembre-se de levar roupas apropriadas, já que esta é a área mais úmida da Noruega, com uma incidência de chuva 10 vezes maior que Bergen.

  • As formações rochosas do fiorde de Lyse e as curvas sinuosas da Lysebotn

  • O fiorde de Lyse é, junto com o de Geiranger e o de Nærøy, a formação mais fotografada da Noruega, sobretudo por causa de suas formações rochosas espetaculares, como a Preikestolen, ou Pedra do Púlpito, e a Kjeragbolten, um destinoincrível para adeptos do Base jump. Uma estrada euma via fluvial fascinantes ligam Kristiansand e Stavanger, descendo pelas curvas sinuosas de Lysebotn até o fiorde de Lyse.

     

  • Stadtlandet e Vågsøy (Nordfjord): o paraíso dos surfistas

  • Paraísos para surfistas, a península de Stadtlandet e a ilha de Vågsøy também abrigam as ruínas do mais antigo monastério da Noruega e três faróis que oferecem hospedagem para turistas. O vilarejo de Hoddevika hoje é até considerado um dos destinos mais exóticos para o surfe no mundo - apesar de concorrer com destinos incríveis! Todos os três faróis, Hendanes, Kråkenes e Skogsnes, têm vistas panorâmicas extraordinárias.

  • Conhecendo as ilhas ao norte do fiorde de Sogn

  • Se existe uma região da Noruega em que você pode pular de ilha em ilha, no sentido mais completo da expressão, é o norte do fiorde de Sogn. Os arquipélagos de Solund e Værlandet têm uma paisagem fenomenal, com muitas comunidades pequenas, por isso é fácil ir de uma ilha para outra usando os serviços de barco disponíveis. No entanto, o melhor é ir de caiaque! Entusiastas do caiaque de todo o mundo descobriram este paraíso insular há muito tempo. No verão, vários barcos de passeio se juntam a eles nos vastos espaços livres da região.

    Trøndelag

  • A cidade mineradora de Røros e seu casario de madeira

  • A tradicional comunidade mineradora de Røros fica em um planalto de grande altitude. Um dos maiores depósitos de cobre da Europa foi descoberto aqui e gerou muitas riquezas, pelo menos em Copenhague. Esse foi o destino final da  maior parte do cobre, que foi usado como revestimento de telhados de muitas construções monumentais, como a Bolsa de Valores e e sua famosa torre em espiral. Røros é provavelmente a única cidade mineradora do mundo quase toda construída em madeira. Saiba mais sobre a tradicional cidade de Røros.

  • A catedral medieval de Nidaros

  • Na Idade Média, a Catedral de Nidaros era um centro de peregrinação tão importante quanto Santiago de Compostela. Apesar de o interior da catedral ter perdido muitos de seus tesouros artísticos durante a Reforma Protestante, ela ainda ocupa um lugar especial entre as principais catedrais europeias eé a maior catedral da Europa situada tão longe de Roma.

    Norte da Noruega

  • Na fronteira com a Rússia

  • O lado nordeste da Noruega tem várias atrações interessantes. A área que faz fronteira com a Rússia tem muitas igrejas, como a capela de Oscar II em Grense Jakobselv, a igreja protestante e a capela de São Jorge em Neiden, e outras atrações como o vilarejo pesqueiro fino-norueguês de Bugøynes e a estrada que leva visitantes do lago Bjørnevatn ao parque nacional de Øvre Pasvik. No Ytre Jarfjord, você vai encontrar atividades interessantes, como safáris em busca do caranguejo-real. Mais a oeste, você irá encontrar o marco de Treriksrøysa, o ponto onde a as fronteiras da Noruega, da Suécia e da Finlândia se encontram.

  • As ilhas mais afastadas do arquipélago de Lofoten: Reine Sørvågen, Å, Værøy e Røst

  • Estas ilhas oferecem uma combinação única: um cenário de tirar o fôlego,  moldado por milhares de anos de atividade pesqueira, e serviços que atendem as demandas do turismo moderno. Aqui, você vai encontrar galerias de arte e temperos frescos, como pimentas, gengibre e alho.

  • Os reinos insulares de Træna e Myken

  • Estes dois reinos insulares foram criados há mais de 6 mil anos e têm uma rica herança cultural e monumentos antigos para visitação. Não deixe de aproveitar o hotel no farol de Myken, excelentes oportunidades para a pesca e o festival de Træna, que adquiriu um status de cult. Foi também em Træna que a história de sucesso da criação de salmões no norte da Noruega teve início.

  • Gjesvær – uma vila de pescadores clássica

  • Gjesvær é uma vila de pescadores clássica de Finnmark que tem, próximas da costa, três ilhas-santuário para pássaros chamadas Stappane. A área tem, a maior colônia de papagaios-do-mar da Noruega, com mais de 350.000 aves. Este é o arquipélago mais setentrional do país, com mais de 100 ilhas e ilhotas. O ponto mais setentrional é mencionado na obra de Snorre sobre os reis nórdicos do século 13. Você também pode explorar marcos históricos de épocas anteriores à Era Viking.

  • Aventuras selvagens nos Alpes de Lyngen

  • Os Alpes de Lyngen, conhecidos como "os Alpes no oceano", têm lugar garantido no mapa das atrações radicais do mundo. Eles são um paraíso para aventuras ao ar livre modernas e tradicionais e o destino perfeito para praticantes da pesca, da caça e do montanhismo, do esqui radical, do mergulho e da asa delta.

  • O desconhecido fiorde de Visten

  • O fiorde de Visten, situado na costa de Helgeland entre as ilhas Vega e a cordilheira das Sete Irmãs, costuma ser chamado de “o fiorde desconhecido”. Ele tem um dos biomas mais variados do norte da Europa e há registros que homens já caçavam e pescavam na região há  mais de 9.000 anos. Existem povoados na embocadura do fiorde e em Bønå, onde a família de um criador de ovelhas que se tornou pescador administra um centro de atividades turísticas que oferece uma grande variedade de atividades ao ar livre.

  • O vilarejo pesqueiro de Hamn i Senja

  • Hamn i Senja é um pitoresco vilarejo pesqueiro com um passado industrial. A energia elétrica foi instalada aqui já nos idos de 1882. Ela era fornecida por uma das duas primeiras usinas hidroelétricas do mundo, construída para iluminar as minas de níquel locais. Esta antiga vila de pescadores é um ótimo ponto de partida para explorar a ilha de Senja.

Your Recently Viewed Pages

Voltar ao topo da página

Ad
Ad
Ad