Dynamic Variation:
Offers
x

There was not an exact match for the language you toggled to. You have been redirected to the nearest matching page within this section.

Choose Language
Toggling to another language will take you to the matching page or nearest matching page within that selection.
Search & Book Sponsored Links
Search
or search all of Norway

A culinária norueguesa

Ingredientes tradicionais, métodos modernos
Grãos, vegetais, carnes curadas e de carneiro, amoras selvagens e, claro, o pescado, são símbolos da culinária norueguesa. Isso para não mencionar os ensopados de final de semana ou waffles com queijo marrom.
The traditional Christmas dish “pinnekjøtt” served on a table
Pinnekjøtt.
Photo: matprat.no
Ad

Quem tem fome pela comida tradicional norueguesa terá oportunidades excelentes neste país extremamente diverso, com uma das costas mais extensas do mundo. A Noruega é conhecida pela natureza selvagem, pelos espaços abertos e pelos fiordes profundos que terminam em águas frias e límpidas. Talvez por isso, a pesca e o preparo de peixes de grande qualidade sempre tenham feito enorme parte da cultura norueguesa. Há muitos anos, o bacalhau seco era o grande produto de exportação do país, mas hoje ele foi substituído pelo salmão fresco e pelo bacalhau ártico. Saiba mais sobre os frutos do mar noruegueses.

Aqui, você vai encontrar muitos desses ingredientes frescos na culinária básica. Com tantas maravilhas à disposição, é fácil entender por que a grande moda no país hoje é preparar refeições em casa. Além disso, o amor dos noruegueses pelo café foi renovado pelos fabricantes e baristas locais, muitos dos quais já receberam prêmios internacionais.

Bom demais! O carneiro norueguês

#Sheepwithaview

#Sheepwithaview.
Photo: Dan Nygård/Flickr/CC BY 2.0

A carne de carneiro norueguês tem a reputação de ser uma das melhores do mundo e, sinceramente, o título é bem merecido. A carne é especialmente macia e suculenta, sobretudo em razão das pastagens verdejantes e vastas áreas de Natureza intocada com rica vegetação e cursos de água cristalina.

Além disso, os carneiros e ovelhas contribuem com a paisagem cultural e mantem a diversidade natural.

Um princípio sustentável aplicado na produção de carne determina que todo o animal deva ser utilizado após sacrificado, permitindo a elaboração de várias iguarias com as partes mais peculiares dos animais.

O fenalår da Noruega é o nome tradicional do pernil de carneiro curado. A iguaria vem de uma longa tradição de pendurar pernis de carneiro para secar no ar das montanhas, preservando a carne para consumo durante o inverno.

Pinnekjøtt, cavaletes de carne de carneiro curada na salmoura ou sal marinho é popular durante o Natal no Oeste da Noruega.

Se você tiver muita sorte (e um pouco de coragem), você será oferecido uma cabeça de ovelha. O prata é conhecido como “smalahove” em norueguês, e surpreende pelo excelente sabor.

Pratos incríveis, ótimos presentes

Leve para casa alguns sabores típicos que farão a sensação de estar de férias durar mais tempo.

Røkelaks (salmão defumado)
Invista em um peixe inteiro ou simplesmente leve fatias mais convenientes, empacotadas com delicadeza. Cubra os pedaços com um molho de mostarda especial.

Ørret (truta)
Esta espécie de peixe é conhecida por ter sabor mais adocicado que o do salmão. Caso seja corajoso, você também pode experimentar a versão parcialmente fermentada.

Brunost
Compre este queijo de cabra escuro e adocicado e você vai estar levando um pouco da alma do país para casa. Um aparelho obrigatório é o fatiador de queijo em estilo norueguês, uma linda ferramenta encontrada na maioria das cozinhas do país.

Sal de alga
Mesmo um sabor comum como o do sal pode ser transformado em algo mais interessante e saudável quando é extraído de algas marinhas.

Sild (harenque)
É possível encontrar muitas variedades de harenque, acompanhadas de uma série de marinadas e sabores.

Flatbrød
Um tipo de pão seco e crocante, muito mais fino do que o laptop mais moderno do mundo, que costuma ser vendido em uma caixa protetora. É delicioso com sopas, ensopados ou coberto com carnes curadas e sour cream.

Lefse
Um pão chato macio tradicional feito com farinha, batata, leite, manteiga e a ajuda de ferramentas tradicionais.

Café
Os fabricantes noruegueses de café costumam ficar entre os melhores do mundo nas competições profissionais internacionais.

Waffles
Waffles são a base da comida reconfortante norueguesa.

Syltetøy (Geleia caseira)
Adoce sua volta para casa com geleias do país da natureza intocada.

Valdresflye

Valdresflye.
Photo: Tina Stafrén

Quatro tipos de carne que você deve experimentar

O outono é a estação de caça na Noruega e carnes de caça apaerecem nos cardápios dos restaurantes e nas emsas dos lares noruegueses. Aqui estão algumas iguarias que você deve experimentar:

1. ALCE. A carne de alce é uma delícia quando preparada corretamente e seu sabor é comparado ao da carne de veado.

2. RENA. Situado no Extremo-Norte, existem mais de 250.000 renas na Noruega e o povo aborígene Sami é especialmente conhecido pelo pastoreio de renas. A carne é magra e deliciosa.

3. VEADO. Nos últimos anos, a população ultrapassou a de alces nas florestas da Noruega. Normalmente servida em bifes, também pode ser defumada, seca ou curada.

4. TETRAZ. O Tetraz é a ave mais procurada pelos caçadores noruegueses. O peito de uma ave jovem é macio, com um sabor marcante. As pernas e o resto da ave apresentam um sabor mais forte.

O reino dos queijos

A Noruega conta com algumas invenções famosas, entre elas o ostehøvel, ou fatiador de queijo. Por falar nisso, o fatiador foi criado por Thor Bjørklund, em 1920.

Poderá algum dia o queijo da Noruega alcançar a mesma fama? Nós certamente desejamos isso e uma variedade de produtores de queijo vem trabalhando duro para satisfazer mesmo os mais exigentes connoisseurs de queijos.

Novamente, a pureza do clima e o frio da região proporciona as condições ideais para a produção do leite de cabra e vaca de altíssima qualidade.

O queijo mais famoso da Noruega é, tradicionalmente, o brunost ou queijo marrom - com o soro de leite coalhado caramelizado. Entretanto, esse sabor não é para qualquer um e muitos estrangeiros experimentam uma vez para nunca mais (nossa dica: saboreie com alguma coisa doce, como os waffles noruegueses).

Entretanto, nos últimos anos os queijeiros mais interessantes da Noruega produziram uma variedade de produtos - tudo desde camembert, queijo azul e produtos tradicionais locais como o gamalost e pultost. Atualmente, você encontra mais de 150 produtores de queijo, espalhados desde o Sul da Noruega até Finnmark (Lapônia) no Norte.

Muitos dos negócios são administrados por jovens e ambiciosos produtores, ansiosos para experimentar novas técnicas, temperos e processos de amadurecimento.

O que os noruegueses comem no Natal

Os noruegueses são fiéis às tradições natalinas. Entretanto, existem uma variedade de produtos locais que competem por destaque nos cardápios festivos. Conheça alguns exemplos dos pratos mais comuns durante o Yuletide:

Ribbe: Toucinho de porco assado, normalmente servido com sauerkraut e batatas cozidas, salsichas de Natal, almôndegas e molho de carne. Comida em pelo menos seis de cada 10 casas, principalmente em Trøndelag e Leste da Noruega.

Pinnekjøtt: Costelas de carneiro salgadas e, às vezes, defumadas. Tradicionalmente, as costeletas eram cozidas sobre galhos de vidoeiro - o que originou o nome ("Pinnekjøtt" que se traduz como "carne de galho"). Esta é a segunda escolha mais popular entre os noruegueses na Noite de Natal, sobretudo no litoral da região Oeste.

Lutefisk: Bacalhau seco imerso em água e lixívia (um método de conserva dos velhos tempos), que então é cozida no forno. Acompanhamentos típicos incluem batatas, bacon, ervilhas e mustarda.

Multekrem: Sobremesa feita de amoras árticas e creme de chantilly.

Småkaker: A tradição dita que sete tipos diferentes de biscoitos devem ser servidos na mesa de Natal e que todos devem ser assados em casa. O pepperkake (boneco de bolo de gengibre) é o mais popular deles.

Aquavit: A bebida nacional da Noruega. É um destilado à base de batata aromatizado com ervas e especiarias como as sementes de cominho, anis, endro, erva-doce e coentro. O acompanhamento preferido para as comidas de Natal.

Gløgg: Os noruegueses apreciam o vinho com canela, preparado com uma mistura que inclui amêndoas secas e uva-passa para incrementar o sabor.

Prove você mesmo…

Você não precisa chegar ao país para descobrir o que vai querer comer. Filtre sua busca e confiar as ofertas abaixo.

×
Your Recently Viewed Pages

Voltar ao topo da página

Ad
Ad
Ad