Dynamic Variation:
Book
Choose Language
Search & Book
Search
or search all of Norway
Slettnes, Nordkyn Slettnes, Nordkyn
Credits
Slettnes, Nordkyn.
Photo: Christoffer Robin Jensen
Campaign
Partner
Media
Meetings
Travel Trade

O dia que não tem fim

Uma paradisíaca, improvável, porém real combinação entre o brilho de um pôr do sol prolongado e do nascer do sol, o sol da meia noite confere tons e luzes avermelhadas aos contornos da paisagem que o acolhe.

Não há como não imaginar todas as cenas e experiências que se passaram sob o brilho do sol da meia noite ao longo da história - sobretudo no exemplo daqueles que viveram ou vivem do mar, nos arquiélagos de Lofoten e Vesterålen, ou pelos pastores de renas no Extremo Norte.

O fenômeno certamente exerceu uma enorme influência no trabalho de muitos artistas e escritores noruegueses. O fenômeno é bem descrito neste trecho da obra "Pan" de Knut Hamsuns (1894): "Chegado o momento de anoitecer, o sol ensaiou um breve mergulho no mar para logo ascender novamente, recomposto, depois de beber daquela água. Eu me sentia mais estranho naquelas noites do que qualquer pessoa possa imaginar ..."

A Terra gira em um eixo inclinado em relação ao sol e, durante os meses de verão, o Pólo Norte encontra-se inclinado na direção da nossa estrela. Por esta razão, durante várias semanas, o sol nunca se põe acima do Círculo Ártico.

Venha conhecer a região e experimente estes momentos ao vivo e a cores: Participando de um safári de observação de baleias ou explorando o mundo selvagem  no interior do país, o visitante descobre um verdadeiro espetáculo, proporcionado por uma nova dimensão das noites de verão, quando a Natureza e a vida animal são realçadas por uma luz completamente diferente.

Se você quer aventurar-se nas noites de verão mais frias na região Norte, você poderá encarar um mergulho noturno – ou poderá montar sua barraca e desfrutar do brilho do sol pela noite adentro. Muitos passeios e atividades são organizados durante a noite nestas semanas, permitindo que você jogue golfe, saia num passeio de bicicleta, de barco ou caiaque, além de encontrar um lugar tranquilo para fisgar um peixe.

Se você tem como destino as ilhas árticas de Svalbard, o sol não se põe entre abril e fins de agosto. Em Svalbard, você poderá sair numa caminhada noturna numa geleira ou admirar o céu avermelhado enquanto realiza um passeio de trenó puxado por cães, interagindo com a magia do clima e a com Natureza nos domínios do Pólo Norte.

Kayaking in Lofoten
Lofoten
Kristin Folsland Olsen / www.nordnorge.com / Vestvågøy
Ferry Midnight, Salten, Bodø
Salten, Bodø
Tommy Andreassen / www.nordnorge.com / Bodø
The North Cape
O Cabo Norte
Bjarne Riesto - Visitnorway.com  
Fjellheisen Fløya, Tromsø
Tromsø
Knut Hansvold / www.nordnorge.com / Tromsø

Onde encontrar o sol da meia noite

76 dias de sol da meia noite entre maio e julho convidam o viajante até o Norte da Noruega. Quanto mais ao norte, mais noites com o sol da meia noite.

Quanto mais ao Norte seu roteiro prossegue, mais intenso e duradouro é o fenômeno do sol da meia noite. Durante os meses de verão você pode experimentar até 24 horas de luz do sol acima do Círculo Polar Ártico, permitindo aproveitar as paisagens ao máximo, enquanto acontecem novas descobertas.

O Norte da Noruega cobre cerca de um terço do país e oferece uma infinidade de paisagens e impressionantes vistas da costa. Ao planejar sua aventura sob o sol da meia noite, considere a região Norte do Noruega como dividida em cinco áreas principais.

Área 1:
A parte Sul é conhecida como Helgeland e encontra-se, em sua maior parte, abaixo do Círculo Polar Ártico. É também uma área de densas florestas. A região é repleta de ilhas e rochedos, alguns com montanhas imponentes como a cadeia de Okstindan próximo a Mo i Rana com a montanha Oksskolten alcançando 1.915 metros acima do nível do mar.

Área 2:
A região de Salten. Coincide com a posição do Círculo Polar Ártico. O relevo acidentado da área abriga muitos grandes picos como o monte Børvasstindan, ao Sul de Bodø, Suliskongen próximo a Fauske (com 1.907 metros é a montanha mais alta ao Norte do Círculo Ártico), o Steigartindan e o Hamarøytinden.

Área 3:
Avançando mais em direção ao Norte você chega a Lofoten; uma região de beleza natural impactante, caracterizada por picos rochosos e áreas costeiras planas onde as ovelhas pastam no solo repleto de algas. As ilhas de Vesteralen são o lugar ideal para a experiência do sol da meia noite, combinado à paisagem tão variada e envolvente.

Área 4:
A quarta preciosidade é o condado de Troms onde florestas de pinheiros e coníferas encontram passagens e fiordes se fundem às terras altas que circundam os rios Målselva e Reisaelva. Grandes ilhas como Kvaløya e Ringvassøya também podem ser encontradas. A montanhas mais altas da região compõem os Alpes de Lyngen (1.833 metros) e na mesma área também podem ser encontradas duas das mais emblemáticas cascatas da Noruega. A mais alta é a cachoeira de Mollisfossen (269 metros) e a famosa Målselvfossen, popularmente conhecida como a"cachoeira nacional da Noruega".

Área 5:
Você agora está entrando no condado de Finnmark (a Lapônia Norueguesa) . A área é marcada pelo contraste dos fiordes e geleiras no extremo Sudoeste com grandes ilhas como Sørøya e Seiland na costa Noroeste. Aos mais ávidos caçadores do sol da meia noite, recomenda-se uma visita ao fantástico Cabo Norte.

Datas aproximadas de quando é possível encontar o sol da meia noite:
Onde: Quando:
O Círculo Ártico 12 de junho - 1 de julho
Bodø 4 de junho - 8 de julho
Svolvær 28 de maio - 14 de julho
Harstad 25 de maio - 18 de julho
Bardufoss 23 de maio - 19 de julho
Andenes 22 de maio - 21 de julho
Tromsø 20 de maio - 22 de julho
Bossekopp 19 de maio - 24 de julho
Vardø 17 de maio - 26 de julho
Hammerfest 16 de maio - 27 de julho
Berlevåg 15 de maio - 28 de julho
O Cabo Norte 14 de maio - 29 de julho
Longyearbyen (Svalbard) 20 de abril - 22 de agosto
Ad

5 dicas para fotografar o fenômeno

O brilho dourado é o que permanece na memória da maioria das pessoas que acompanham o fenômeno do sol da meia noite. O brilho tende a acentuar as cores e alongar sombras, o que permite grande espaço para fotografias dramáticas e expressivas.

Dica 1: Como as cores são ainda mais vívidas sob o sol da meia noite, manter a simplicidade das imagens pode ser uma boa idéia, como concentrar em duas ou, no máximo, três cores de maneira a evitar uma imagem confusa para o expectador.

Dica 2:  Imagens em primeiro podem ser usadas na composição de margens para temas nos planos médio e de fundo, colaborando na criação de um maior senso de paisagem tridimensional.

Tip 3: Para maximizar o impacto do céu iluminado em uma paisagem, procure elaborar a sua imagem no viewfinder mantendo o horizonte com um terço de espaçamento do pé da foto; o que certamente ajudará sua câmera a realizar uma exposição apropriada.

Tip 4:  Inscreva-se em um curso de fotografia de 6 dias com ingresso parcial para a excursão às Ilhas Lofoten oferecido pela agência inglesa especializada Tatra.

Tip 5: Se você se encontra nos Alpes de Lyngen, considere participar de um curso de fotografia em Lyngen Lodge.

Confira algumas das ofertas sob o sol da meia noite

Veja por si mesmo

Confire estas ofertas relacionadas ao Sol da Meia Noite

Comece a planejar agora

Muitas atividades no Norte da Noruega são melhores quando realizadas à luz do dia. Felizmente, os dias de verão nunca acabam.

×

Leia mais

Your Recently Viewed Pages
Ad
Ad
Ad