Dynamic Variation:
Offers
Choose Language
Search & Book Sponsored Links
Search
or search all of Norway

Fiordes

A imagem perfeita do passado
A área de proteção dos fiordes, que integra a lista de patrimônios naturais da Unesco, abriga símbolos que revelam a beleza e as tradições da Noruega. São lugares onde o tempo segue seu próprio ritmo.
A person paddling in the Nærøyfjord
Kayaking in the Nærøyfjord.
Photo: Øyvind Heen / Visitnorway.com

Existem mais de mil fiordes na Noruega ao longo de toda a costa. Mas os mais importantes – que ganham destaque nos cartões postais, como os fiordes de Nærøy, Sogn, Lyse e Geiranger – ficam na Noruega dos Fiordes.

Os fiordes se parecem com lagos plácidos, mas contêm água salgada, já que são braços de mar que penetram pelo continente e ficam cercados por imponentes penhascos.

Mesmo levando-se em conta o fato de que os fiordes costumam estar conectados e de que é possível navegar de um fiorde a outro ou ao mar, uma visita a este cenário pode fazer você sentir que está em um universo isolado.

Entretanto, a chave para entender por que os fiordes são o maior símbolo da Noruega – e uma de suas atrações mais populares – está no que eles representam.

Mais do que tudo, os fiordes e as áreas que os cercam evocam imagens do passado da Noruega: um tempo em que as pessoas viviam como camponeses em áreas íngremes e rochosas (onde muitos ainda continuam vivendo). Um tempo em que era possível colher frutas diretamente das árvores e em que uma cabeça de ovelha era uma iguaria culinária (coisa que ainda é).

Embora as paisagens pareçam intocadas e selvagens, as áreas de fiordes são de relativo fácil acesso e é possível explorá-las tanto sozinho quanto na companhia de um guia. Existem pequenos vilarejos espalhados por todas essas áreas e muitas trilhas sinalizadas para caminhadas nas montanhas e geleiras.

O que fazer perto dos fiordes

A paisagem dos fiordes é ideal para combinar atividades, caso você queira apenas aproveitar a famosa tranquilidade deles ou sentir uma onda de adrenalina.

Comece com uma trilha fácil e caminhadas relaxantes por vilarejos e cidades ou faça passeios guiados a mirantes em fiordes, montanhas e cachoeiras.

Algumas das trilhas mais pesadas incluem subidas até picos que proporcionam lindas vistas. Você também pode explorar os fiordes de caiaque e stand-up paddle e fazer rafting, escalada nas geleiras ou em rochas ou percorrer vias ferratas. Quem gosta de pesca pode contratar passeios e seguir para o mar ou para outros fiordes, rios e lagos.

Você pode esquiar o ano todo com uma linda vista para o fiorde nos Alpes de Sunnmøre, por exemplo. O esqui é uma atividade popular que, no verão, pode ser combinada com um banho no fiorde no mesmo dia.

Os fanáticos por História vão encontrar nessas regiões várias atrações: velhas construções, museus de arte e folclore, museus a céu aberto e ruínas vikings. A Unesco incluiu várias delas na lista de patrimônio cultural da humanidade, como Bryggen, em Bergen; a igreja de madeira de Urnes; os fiordes de Nærøy e de Geiranger e as paisagens que os cercam.

A região tem vários parques nacionais com trilhas demarcadas, cabanas para aluguel, pousadas, animais selvagens, lagos, rios, geleiras e centros de visitantes.

O vídeo foi composto com imagens feitas em várias estações e em vários fiordes de Sunnmøre entre 2014 e 2016.

Um patrimônio natural mundial

Fiordes da Noruega dos Fiordes, como o de Geiranger e Nærøy, foram incluídos na lista de patrimônios naturais mundiais da Unesco em 2005.

"Sua beleza natural extraordinária vem dos paredões íngremes de rocha cristalina que chegam a ter 1.400m de altura e 500m de profundidade. Os paredões gigantes dos fiordes abrigam inúmeras cachoeiras e rios caudalosos atravessam suas florestas de coníferas e deságuam em lagos glaciais, geleiras e montanhas acidentadas", descreve a Unesco.

Em 2006, a National Geographic reuniu um painel de especialistas para avaliar e premiar os patrimônios naturais mundiais mais populares. Os fiordes da Noruega foram os vencedores, deixando para trás concorrentes como as ilhas Galápagos, as pirâmides do Egito, o Grand Canyon, Angkor Wat e Machu Picchu.

“Isso parece confirmar que os noruegueses costumam cuidar melhor de seus patrimônios que o resto do mundo. Estas são qualidades que os líderes de outros lugares deveriam analisar adaptar a seu contexto”, revelou Jonathan B. Tourtellot, diretor do Centro para Destinos Sustentáveis, da National Geographic Society.

Cinco fatos sobre os fiordes

1. A UNESCO incluiu fiordes da Noruega, como o de Geiranger e Nærøy, em sua prestigiada lista de patrimônios naturais mundiais.

2. Os fiordes costumam ser descritos como "a obra de arte da Natureza" e foram formados pelo recuo das geleiras e pelo avanço das águas do mar sobre vales.

3. Gudvangen e Geiranger, os dois vilarejos mais cpróximos dos fiordes de Nærøy e Geiranger, são alguns dos portos mais populares da Escandinávia para navios de cruzeiro.

4. Graças à corrente quente do Golfo e a correntes de ar ocasionadas pela força inercial de Coriolis, os fiordes da Noruega apresentam um clima relativamente ameno e quase nunca congelam.

5. Os fiordes costumam ser muito profundos. O fiorde de Sogn é o recordista, com 1.308 metros de profundidade.

Ad

Suas fotos

Descubra mais atividades nos fiordes

Não espere até chegar para decidir o que fazer.

×
Your Recently Viewed Pages

Voltar ao topo da página

Ad
Ad
Ad