Dynamic Variation:
Offers
x

There was not an exact match for the language you toggled to. You have been redirected to the nearest matching page within this section.

Choose Language
Toggling to another language will take you to the matching page or nearest matching page within that selection.
Search & Book Sponsored Links
Search
or search all of Norway

Pesca em água doce

Boas coisas acontecem para quem busca o caminho das águas
Se você procura paz e tranquilidade, não há melhor caminho do que explorar a infinidade de lagos e córregos da Noruega trazendo sua vara de pescar. Em muitos casos, você encontrará amplos espaços exclusivamente para o seu desfrute.
A man fishing in a river in Skurdalen
Skurdalen, Geilo.
Photo: Emile Holba / emileholba.co.uk

Bons locais de pesca em água doce podem ser encontrados em toda a Noruega, com cenários e níveis de dificuldade variados e, melhor, sem grandes custos. A Pesca do salmão constitui, por si só, um capítulo de destaque (veja abaixo). Trutas marrons são encontradas em muitas e vastas áreas. Outras espécies, incluem o tímalo, variedades de corégonos e a truta do ártico.

A ecologia das águas frias da Noruega também são perfeitas para o lúcio, que garante as emoções da pesca esportiva com iscas ou a pesca especializada com mosca.

Ad

Outros destinos para pesca 

Algumas das áreas mais conhecidas para a pesca em água doce incluem o Vale de Hemsedal, onde o Rio Hemsila e seus afluentes são considerados os melhores cursos de água para a pesca da truta. Outro lugar de destaque são os cursos de águas em terrenos de maior altitude em Glomma, onde Hans van Klinken criou Klinkhammer, uma isca artificial conhecida por todos os adeptos da pesca com mosca.

A apenas 90 quilômetros a norte de Oslo você encontra o paraíso da pesca na região de Gjøvik. Grandes e pequenos lagos, bem como rios e cursos de água oferecem amplas oportunidades para fisgar uma infinidade de espécies de peixes.

Trøndelag, na região Central da Noruega, é uma área repleta de lago, rios e córregos, com nada menos que sete parques nacionais e possibilidades extraordinárias para a pesca da truta ártica, tímalos e lúcios, que encontram nos terrenos acidentados e vales de florestas o seu habitat predileto.

O Norte da Noruega é mais conhecido pela abundância do bacalhau. Por outro lado, a região Norte também se destaca pelas grandes possibilidades para a pesca em água doce. Trutas marrons e árticas, lúcios e percas, além do fenômeno do sol da meia noite e paisagens selvagens, conferem à região Norte da Noruega o status de lugar especial entre muitos pescadores.

As florestas de fácil acesso ao redor de Oslo tornam a capital norueguesa um lugar único. Você pode embarcar num bonde no centro da cidade, alcançando a área da floresta Oslomarka em cerca de 20 minutos. Existem cerca de 500 lagos (grandes e pequenos) nas florestas que circundam Oslo. As condições para a pesca são boas em muitos desses lagos e existem chalés e cabanas onde é possível passar a noite.

Enquantos estes destinos são bons lugares para começar, existem vários outros pontos por toda a Noruega, em especial em áreas remotas, ainda não descobertas por pescadores visitantes e até mesmo locais.

Blefjell
Blefjell.
Photo: Alexander Benjaminsen / Visitnorway.com

A pesca do salmão na Noruega

Desde que aristocratas britânicos descobriram as maravilhas da pesca nos rios da Noruega, em meados do século XIX, milhares de pescadores estrangeiros chegam ao país com o fim de pescar salmões todos os anos.

A atividade também é muito popular entre noruegueses e dezenas de milhares de noruegueses abraçam a atividade da pesca anualmente. Os muitos rios de salmão da Noruega abrigam a maior rede de locais de desova do salmão do atlântico em todo o mundo.

O salmão selvagem é tradicionalmente visto como um alimento fundamental na dieta norueguesa. Além disso, nos dias atuais, destaca-se pelo seu papel como o grande prêmio nas atividades de pesca recreativa. Como consequência do declínio de sua abundância nas últimas décadas, foram determinados limites rigorosos para a pesca diária e sazonal. A soltura dos peixes fisgados também é uma prática se que popularizou entre muitos pescadores.

A temporada de pesca do salmão é curta porém muito emocionante e ocorre do início de junho até setembro. O salmão do atlântico segue um trajeto migratório entre a água doce e a água do mar. O peixe passa por seus primeiros anos na água doce, antes de deslocar-se para a água do mar, onde passa entre 1-3 invernos antes de retornar para a desova. A pesca acontece durante a migração de desova.

Conhecimento local é fundamental nas atividades de pesca do salmão e recomenda-se a companhia de um bom guia. Existem oportunidades que atendem a todos os estilos: do mais purista, que prefere lançar pequenas iscas com uma linha flutuante até técnicas mais ousadas como o uso de iscas grandes como a Rapala minnow.

Ofertas de pesca

Não é preciso esperar até a sua chegada para descobrir o que fazer.

×
Your Recently Viewed Pages

Voltar ao topo da página

Ad
Ad
Ad