Dynamic Variation:
Norway Now
Choose Language
Norway Now
This social element is not currently supported on the China site. This warning will not show on the front end.
Search
Nærøyfjorden Nærøyfjorden
Credits
Nærøyfjorden.
Photo: Tomasz Furmanek
Campaign
Partner

A representação perfeita de imagens do passado

A área de proteção dos fiordes, que integra a lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO, abriga símbolos que revelam a beleza e tradições da Noruega. Lugares onde o tempo segue o seu próprio ritmo.

Existem mais de mil fiordes na Noruega, porém os mais icônicos – e que ganham destaque nos cartões postais, como por exemplo o Nærøyfjord, o Sognefjord, o Lysefjord e o Geirangerfjord – encontram-se situados na Costa Oeste.

Os fiordes passam a idéia de lagos plácidos azuis, embora consistam de água salgada - eles são prolongamentos do mar que, geralmente, alcançam os domínios do interior e são cercados por imponentes penhascos. Dançando em quedas ao longo dos paredões íngremes, surgem exuberantes (e muitas vezes enormes) cachoeiras, que se formam nas alturas de geleiras.

Mesmo levando-se em conta o fato de que muitos dos fiordes encontram-se entrelaçados e de que seja possível navegar de um fiorde a outro, retornando ao mar, uma visita a este cenário proporciona a sensação de de estar num universo isolado.

Entretanto, a chave para compreender a razão que faz dos fiordes o maior símbolo da Noruega – e certamente uma de suas maiores atrações – reside no que eles representam.

Primordialmente, os fiordes e as áreas que os circundam evocam imagens do passado da Noruega: Um tempo em que as pessoas viviam como camponeses em meio à adversidade das áreas íngremes e rochosas (onde muitos ainda seguem vivendo). Um tempo em que era possível colher os frutos das árvores de florescência e que uma cabeça de ovelha era uma iguaria culinária (e ainda é).

Embora a Natureza pareça intocada e selvagem, as áreas de fiordes são de relativo fácil acesso e é possível explorá-las tanto individualmente quanto na companhia de um guia. Existem pequenos vilarejos espalhados por estas áreas e trilhas sinalizadas para caminhadas nas montanhas e geleiras estão por todas as partes.

Geirangerfjorden
Skageflå
Per Eide/Visitnorway.com
Guided gacier hike with Folgefonni Glacier Team
Folgefonni
Reisemål Hardanger Fjord/Désiré Weststrate
Break by an old farm, Åndalsnes
Åndalsnes
Mattias Fredriksson Photography AB - Visitnorway.com
Blossom in the Hardangerfjord
Hardangerfjorden
CH - Visitnorway.com

Cinco dados sobre os fiordes

1. A UNESCO incluiu os fiordes da Noruega, nos exemplos do Geirangerfjord e do Nærøyfjord, em sua prestigiada lista de Patrimônios Mundiais.

2. Os fiordes são descritos com frequência como «grandes obras de arte da Natureza», formadas com o recuo das geleiras e com o avanço das águas do mar sobre as curvas dos vales.

3. Gudvangen e Geiranger, os dois vilarejos mais profundos dos fiordes Nærøyfjord e Geirangerfjord, estão entre os portos de navios-cruzeiro mais famosos da Escandinávia.

4. Graças ao aquecimento provocado pela corrente do Golfo e correntes de ar ocasionadas pelo fenômeno da força inercial de Coriolis, os fiordes da Noruega apresentam um clima ameno e permanecem praticamente sem gelo. Focas, botos e uma variedade de peixes habitam as águas dos fiordes, enquanto águias e outros pássaros cortam os céus deste cenário espetacular.

5. Os fiordes são geralmente muito profundos, sendo o Sognefjord o recordista em profundidade, atingindo 1.308 metros abaixo do nível do mar. Por serem tão profundos, os fiordes permitem a navegação de grandes navios, proporcionando aos visitantes a oportunidade de um encontro próximo com paisagens paradisíacas.

Um Patrimônio Natural Mundial

Os fiordes do Oeste da Noruega, nos exemplos do Geirangerfjord e do Nærøyfjord, foram incluídos na Lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO em 2005.

«Sua beleza natural extraordinária deriva-se dos paredões estreitos e íngremes de rocha cristalina que se projetam nas alturas atingindo até 1.400 m desde o Mar da Noruega estendendo-se até 500 m abaixo do nível do mar. Os paredões gigantes dos fiordes abrigam inúmeras cachoeiras, enquanto rios de curso livre atravessam as florestas de coníferas e desaguam em lagos glaciais, geleiras e montanhas acidentadas», descreve a UNESCO.

Em 2006, a publicação National Geographic reunium um painel de especialistas para avaliar e premiar os Patrimônios Mundiais mais populares. Os fiordes da Noruega sagraram-se vencedores, deixando para trás concorrentes como as ilhas Galápagos, as pirâmides do Egito, o Grand Canyon, Angkor Wat e Machu Picchu.

- Isso reflete, sobretudo, a tendência dos noruegueses de cuidar muito bem de seus patrimônios, em comparação com o resto do mundo. Estas são qualidades nas quais líderes de outras partes do mundo deveriam buscar inspiração e tentar adaptá-las ao seu contexto, revelou Jonathan B. Tourtellot, Diretor do Centro para Destinos Sustentáveis, da National Geographic Society.

Caiaque e cruzeiro pelos fiordes: Duas maneiras diferentes para descobrir os fiordes

#fjordnorge no Instagram
This social element is not currently supported on the China site. This warning will not show on the front end.

Descubra mais atividades nos fiordes

Não é preciso esperar até a sua chegada para descobrir o que fazer.

×

Leia mais

Your Recently Viewed Pages
Ad
Ad
Ad